sexta-feira, 24 de abril de 2009

Cidadania e Participação Social

A cidadania expressa um conjunto de direitos que dá à pessoa a possibilidade de participar ativamente da vida e do governo de seu povo. Quem não tem cidadania está marginalizado ou excluído da vida social e da tomada de decisões, ficando numa posição de inferioridade dentro do grupo social. Por extensão, a cidadania pode designar o conjunto das pessoas que gozam daqueles direitos. Assim, como cidadãos devemos fazer o nosso papel, respeitando e participando das decisões da sociedade para melhorar nossas vida e de outras pessoas, exercendo a cidadania que consiste desde o gesto de não jogar papel na rua, não pichar os muros, respeitar os sinais e placas, não destruir telefones públicos, saber dizer obrigado... até saber lidar como o abandono e a exclusão das pessoas necessitadas, o direito das crianças carentes e outros problemas que enfrentamos na sociedade, como o aumento da violência e da criminalidade. Para diminuir ou erradicar tais problemas socias, é necessário combinar reflexão, debate social, atitudes de contenção e principalmente, participação social. É preciso discutir políticas públicas de uma maneira mais ampla, mais aprofundada, com base em pesquisas, argumentos e com representantes de todas as classes e organizações sociais. Não podemos permitir que a idéia de sermos desinteressados da realidade em que vivemos aumente. Enquanto houver uma criança passando fome, não se pode falar em felicidade e, muito menos em cidadania, pois só através da mesma é que iremos alcançar uma melhor qualidade de vida humana. Por último, é importante assinalar que os direitos da cidadania são, ao mesmo tempo, deveres. Pode parecer estranho dizer que uma pessoa tem o dever de exercer os seus direitos, porque isso dá a impressão de que tais direitos são convertidos em obrigações. Mas a natureza associativa da pessoa humana, a solidariedade natural característica da humanidade, a fraqueza dos indivíduos isolados quando devem enfrentar o Estado ou grupos sociais poderosos são fatores que tornam necessária a participação de todos nas atividades sociais. Acrescente-se a isso a impossibilidade de viver democraticamente se os membros da sociedade externarem suas opiniões e sua vontade. Tudo isso torna imprescindível que os cidadãos exerçam seus direitos de cidadania.

3 comentários:

  1. explêndido, simplesmente adorável.

    ResponderExcluir
  2. muito bém,ela tem coesão e coerencia,mas se eu fosse refaze-la , concerteza tiraria algumas repetições.

    ResponderExcluir
  3. Excelente redação. Para ficar mais adequada ao ENEM, redijiria a mesma em terceira pessoa.

    ResponderExcluir